Centro Rua 1º de Março Esplanada Castelo Praça XV de Novembro Largo da Carioca Praça da República Av. Presidente Vargas Largo de S. Francisco
Avenida Rio Branco Praça Mauá Praça Marechal Âncora Lapa Santa Teresa Avenida Chile Praça Tiradentes

CENTRO - AVENIDA RIO BRANCO

PALÁCIO MONROE





O Palácio Monroe foi construído em 1906, e foi um marco da cidade do Rio de Janeiro enquanto capital do país, ele foi sede da Terceira Conferência Pan Americana, depois abrigou alguns órgãos públicos, e finalmente nele funcionou o Senado Federal da República onde trabalhou o Barão do Rio Branco. Sua construção foi baseada no Palácio que o Brasil construiu, em 1904, para a Exposição Universal de Saint Louis dos Estados Unidos, que comemorava os cem anos da compra do território da Louisiana, foi obra do arquiteto Marcellino Francisco de Souza Aguiar e ganhou o primeiro prêmio de arquitetura da Exposição.

Estava situado em frente à Cinelândia, como fecho de ouro da Avenida Central. O Palácio foi demolido, desnecessariamente, em 1976, durante a execução das obras do Metrô do Rio, após o trajeto do Metrô ter sido revisto para que o Palácio fosse preservado, mas pressões políticas fizeram com que infelizmente, o prédio acabasse sendo demolido e o final da Avenida Rio Branco ficasse privado de sua beleza.

A duas fotos mostam: o Palácio Monroe - foto de Augusto César Malta, tirada em 1907, quando nele funcionava o Senado Federal e o espaço deixado pela Palácio Monroe após ser derrubado, espaço que nunca foi realmente ocupado, em foto obtida no Facebook: Fotos Antigas do Rio de Janeiro.


Retorna ao Início da Página



A Praça do Monroe atualmente

O Chafariz que hoje ocupa o local onde existia o Palácio Monroe, é o maior chafariz da cidade, foi trazido da Áustria, em 1878, por D. Pedro II, mas sua origem é francesa e foi esculpido por Louis Sauvageau, em 1861, seguindo o estilo do Barroco francês.

Ao chegar ao Brasil, em 1878 ele foi colocado no Largo do Paço, atual Praça Quinze de Novembro, na década de 60 foi transferido para a Praça da Bandeira e quando o Monroe foi demolido foi então colocado na Praça do Monroe. As esculturas dos quatro meninos que sustentam a bacia d'água, simbolizam os quatro continentes: África, América, Europa e Ásia.



O Chafariz da Praça do Monroe.


Detalhe do Chafariz, vendo-se ao fundo
alguns prédios da Avenida Rio Branco.

Detalhe do Chafariz, com os quatro
meninos que sustentam a bacia d'água.

Detalhe do Chafariz, com suas figuras antropormóficas.

Avenida Rio Branco Palácio Monroe Mapa do Centro do Rio de Janeiro
antes da construção da Avenida Central
Cinelândia I Cinelândia II Cinelândia III

Cinelândia IV

Suas Transversais I Suas Transversais II Um Novo Meio de Transporte
no Centro do Rio
A Avenida Centenária - 2005



Retorna à página CENTRO
Retorna ao início da página