Centro Rua 1º de Março Esplanada Castelo Praça XV de Novembro Largo da Carioca Praça da República Av. Presidente Vargas Largo de S. Francisco
Avenida Rio Branco Praça Mauá Praça Marechal Âncora Lapa Santa Teresa Avenida Chile Praça Tiradentes

CENTRO - PRAÇA MARECHAL ÂNCORA



Praça Marechal Âncora

A Praça Marechal Âncora, que já se chamou Largo do Moura, é um enclave no coração agitado da cidade do Rio de Janeiro de hoje, mas nos conduz ao Rio de Janeiro antigo.

Embora cercada de edifícios modernos e altos, concentra um quarteirão do Rio Colonial, formado pelo Museu Histórico Nacional, pela Igreja de Nossa Senhora de Bonsucesso e pela Santa Casa da Misericórdia, mais uma vez mostrando a convivência harmoniosa do antigo e do novo, na cidade. É um prolongamento natural da Praça XV, resultado dos inúmeros aterros, que foi ganhando terreno ao mar.


Retorna ao Início da Página



Museu da Imagem e do Som e Serviço de Saúde dos Portos


Prédio do Museu da Imagem e do Som.

Prédio do Serviço de Saúde dos Portos.

Os prédios do Museu da Imagem e do Som e do Serviço de Saúde dos Portos, juntamente com os prédios do Museu Histórico Nacional e a Academia Brasileira de Letras são os únicos remanescentes da Exposição Internacional do Centenário da Independência do Brasil, realizada em 1922.

O prédio do Museu da Imagem e do Som foi construído para ser o Pavilhão da Administração e do Distrito Federal na Exposição, projetado por Silvio e Raphael Rebecchi. Por ocasião do Quarto Centenário da Cidade, em 1965 passou a funcionar no prédio o Museu da Imagem e do Som. Ele fica localizado na Praça Rui Barbosa, tendo sido tombado pelo Patrimônio Histórico Estadual em 1988 e restaurado em 1990, quando o Museu ganhou uma outra sede na Lapa. Seu principal acervo se refere à coleção fotográfica da Música Popular Brasileira e da cidade do Rio de Janeiro. Em 2014 deve ser inaugurada a nova sede do Museu localizada na Avenida Atlântica em Copacabana.

O prédio do Serviço de Saúde dos Portos, foi construído para ser o Pavilhão de Estatística da Exposição, projetado por Gastão Bahiana. Fica localizado na Praça Marechal Âncora e pertence à Marinha. Possuia originalmente uma cúpula que desapareceu, quando foi acrescido de uma massa grosseira em cima da cornija e de uma marquise metálica, recentemente foi completamente restaurado.


Retorna ao Início da Página



Aeroporto Santos Dumont

O Aeroporto Santos Dumont foi construído em uma área aterrada com o desmonte do Morro do Castelo, na Ponta do Calabouço, tendo sido inaugurado em 1944.

O prédio do Aeroporto Santos Dumont foi projetado pelos irmãos Marcelo e Milton Roberto, em 1938, que ganharam um concurso nacional, um ano após terem também ganho o concurso para construir o prédio da ABI, na Rua Araújo Porto Alegre A construção foi um marco da arquitetura moderna brasileira, com seu duplo saguão, onde destacam-se painéis de Cadmo Fausto, retratando o sonho mitológico de Ícaro, realizado por Alberto Santos Dumont com o 14Bis. Os jardins em frente ao Aeroporto, foram projetados por Burl Marx.

Em fevereiro de 1998, o Aeroporto foi atingido por um incêndio, mas foi completamente recuperado em apenas 180 dias, inclusive os painéis que foram delicadamente restaurados. Mais recentemente o Aeroporto passou por uma reforma com a construção de novas instalações que fez com que aumentasse bastante sua capacidade de voos e passageiros, além de dar maior comodidade para os usuários.

Em 2007 o Aeroporto passou por uma grande obra que ampliou a sua capacidade e deu a ele um moderno terminal de embarque. A sala de embarque é de material verde transparente, que dá uma visão total da Baía de Guanabara, Pão de Açúcar e da Ponte Rio-Niterói. O projeto do novo terminal do Aeroporto foi executado pelo arquiteto Sérgio Jardim. O antigo prédio do aeroporto passou a ser utilizado como terminal de desembarque e foi tombado pelo Instituto Estadual de Patrimônio Cultural (INEPAC).



Vista da área do Aeroporto Santos Dumont tirada de
Santa Teresa.


Pouso de um avião na pista do Aeroporto, foto tirada
da Baía de Guanabara.


Angar da VARIG, no Aeroporto Santos Dumont.

Jardins em frente ao Aeroporto, desenhados por Burl Marx.
Vistas do Aeroporto Santos Dumont, tiradas da Baía de Guanabara.

Vista do Aeroporto Santos Dumont, tendo em primeiro plano
a Ilha Fiscal e ao fundo o relêvo da cidade com destaque para
o Pão de Açúcar.

Vista da pista do Aeroporto, vendo-se ao fundo o Bairro
da Urca e os Morros da Urca e Babilônia.


Vistas do Aeroporto tendo ao fundo prédios da Glória, do Flamengo, da Avenida Rui Barbosa e alguns de Botafogo. O
edifício que se destaca na tereira foto é a Torre do Rio-Sul e mais ao fundo pode se ver os edifícios do Condomínio Morada do Sol.

O Aeroporto Santos Dumont destacando sua parte nova com o terminal de embarque, tendo ao fundo os Morros da
Urca e Babilônia.


Vistas do Aeroporto Santos Dumont, tiradas da Avenida Almirante Sílvio de Noronha atrás
do Aeroporto, no caminho para a Escola Naval

Nas cinco fotos do conjunto que foram tiradas por trás do Aeroporto tem-se como destaque a pista de aterrissagem e decolagem com um avião se preparando para decolar.

Em segundo plano pode se ver o novo prédio do Aeroporto e prédios da Esplanada do Castelo. A última foto mostra um avião aterrisando no Aeroporto.



Vistas dos Prédios Antigo e Novo do Aeroporto Santos Dumont e de um dos painéis de seu saguão.
As duas fotos acima mostram o novo prédio do Aeroporto Santos Dumont que permitiu aumentar o
número de voos e de passageiros.
Continua na página CENTRO - PRAÇA MARECHAL ÂNCORA -
MUSEU HISTÓRICO NACIONAL
 




Retorna à página CENTRO
Retorna ao início da página